PONTAPORANENSE E PRESO COM CARGA DE DROGA EM TRÊS LAGOAS

- 07/06/2015 - 0:00 | 0 comentários
Segurança Pública


5b28f48ced011fc04be950095172835a

Agentes da Patrulha Rural de Três Lagoas prendem Pontaporanense com carga de droga.

Agentes da Patrulha Rural de Três Lagoas durante um bloqueio policial realizou a apreensão de sete tabletes de maconha e a prisão de três pessoas.

Ao ser feita a abordagem de um motorista que estava em uma VW Saveiro de cor vermelha de placas HRG 8693, o motorista J.D.F.S (23), morador da Ponta Porã-MS apresentou certo nervosismo e logo disse que estaria vindo a Três Lagoas para visitar sua namorada que estava grávida, mas o homem não soube informar o endereço e nem mesmo o nome de sua companheira, a polícia notou que algo estava errado e resolveu vistoriar o automóvel foi quando encontrou um telefone celular.

Após alguns minutos, uma ligação foi recebida e um policial se passando pelo motorista, simulou que o veículo estava com um dos pneus estourado e assim, pediu ajuda ao amigo de alcunha “batata”.

Após alguns minutos de espera, o suspeito F.A.B. (25) morador do bairro Jardim Novo Alvorada em Três Lagoas, apareceu no local em um veículo Renault furgão de cor branca de placas NSB 2862 de Três Lagoas, o mesmo estava na companhia de outra pessoa, identificada como C.S.G (25), morador da Rua da República no bairro Jardim Imperial. Ao serem questionados sobre suas passagens policiais, ambos disseram que seriam “limpos” e após ser feita uma checagem no nome da dupla, a Patrulha Rural constatou que eles já teriam passagens por tráfico de drogas.

Contra C.S.G também existia um mandado de prisão em aberto por ele estar foragido do sistema prisional de Três Lagoas.

Em buscas minuciosas no automóvel Saveiro, a polícia encontrou mais de 3.200 Kilogramas da droga escondidos próximo ao limpador de para-brisas no painel.

Já na parte da frente do carro, mais maconha também foi localizada embaixo do radiador e dentro do purificador de ar do motor.

Diante a situação de flagrante do trio, a Patrulha Rural qualificou J.D.F.S como o dono da droga e seu amigos F.A.B e C.S.G por estarem compactuando na prática do tráfico de drogas.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Brasilândia para os procedimentos cabíveis. No segundo automóvel nada de ilícito foi encontrado.

Fonte www.tlnoticias.com.br


Deixe um Comentário