MATADOR DE POLICIAL E PRESO NO MATO GROSSO DO SUL

- 14/07/2015 - 0:00 | 0 comentários
Segurança Pública


ae252c0654e8edaca099dba64773f3f2

Acusado de matar um policial civil em Tacuru e preso por agentes da policia em Iguatemi no Mato Grosso do Sul.

A prisão de José Osmar Freitas, o “Veinho”, (27) acusado de matar o investigador da policial civil, José Nivaldo de Almeida, durante uma abordagem no mês passado em Tacuru

A Polícia Civil prendeu na manhã dessa terça-feira, 14 de julho, em Iguatemi, José Osmar Freitas, o “Veinho”, de 27 anos.

Veinho estava sendo procurado pela polícia de toda a região Cone Sul de Mato Grosso do Sul desde o início da noite do dia 28 de junho, quando executou a sangue frio, o investigador da Polícia Civil, Nivaldo José de Almeida, durante uma abordagem.

O crime aconteceu na cidade de Tacuru, onde o policial residia e era lotado na Delegacia local. 

Uma testemunha ocular dos fatos ouvida pela Polícia Civil na noite do domingo, dia do crime, em Tacuru relatou detalhes da execução do policial..

De acordo com o depoimento da testemunha, ele estava em sua residência quando ouviu três tiros e saiu de casa para verificar, quando se deparou com José Osmar, o “Veinho”, caminhando calmamente pela rua com um revólver na mão.

Segundo relatou a testemunha, os disparos que havia escutado teriam sido efetuados por Veinho contra um indivíduo de nome “Leandro” que foi atingido em uma das mãos.

Nesse momento chegou o policial José Nivaldo de Almeida, que mora nas imediações e tentou prender o indivíduo.


Deixe um Comentário