Indígenas de MS vão a Brasília denunciar violência

- 09/10/2015 - 0:00 | 0 comentários
Segurança Pública


9139b86f02108abdcc0129521eca5e85

Valdelice Veron, liderança indígena Guarani Kaiowá, fez um apelo ontem (07), à Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, em audiência pública que discutiu os conflitos entre indígenas e proprietários de terras de Mato Grosso do Sul. Os indígenas denunciaram os constantes ataque por parte de fazendeiros, da polícia e de políticos locais. A demarcação de terras é uma das principais questões que levam ao conflito no campo.

Valdelice afirmou que as terras indígenas não são reservas criadas pelo extinto serviço de proteção ao índio o que faz com que se sintam presos a um confinamento, onde são subjulgados por latifundiários do estado. Apesar de terem sido convidados ao debate, representantes do setor produtivo e do governo do Mato Grosso do Sul não compareceram.


Karla Martins


Deixe um Comentário