Com furto em Posto de Saúde prefeito fala em acelerar processo de convocação para o quadro efetivo da guarda municipal

- 24/01/2017 - 0:00 | 0 comentários
Segurança Pública


3a93e06a79b58e8e24434c313eb7a045

“Estamos com um efetivo aquém daquilo que necessitamos para proteger o nosso patrimônio, mas vamos acelerar o processo para ampliar o efetivo da Guarda Municipal”, disse o prefeito Carlos Ruso, indignado com a ação dos marginais que roubaram a Unidade Básica de Saúde Érico Valle, localizada no bairro Boa Esperança. Eles só não sumiram com os computadores porque o alarme do posto soou e a Polícia Militar recuperou os objetos furtados.

Segundo a PM, os marginais arrombaram a porta do posto de saúde e pegaram dois computadores. Eram dois bandidos que foram vistos por uma testemunha. Eles esconderam o equipamento em um quintal vizinho onde foi encontrado pela polícia, mas os marginais fugiram.

“Neste primeiro mês de gestão, estamos trabalhando as finanças da Prefeitura, para que possamos fazer um governo transparente e dentro das normas da Lei de Responsabilidade fiscal. Mas, de acordo com o impacto da folha de pagamento, em fevereiro, muito provavelmente, já estaremos chamando aqueles que passaram no concurso, e a Guarda Municipal é nossa prioridade”, disse o prefeito Carlos Ruso.

Ladário tem hoje um efetivo de 47 guardas municipais, segundo informou o Comandante da corporação Ronilson Ramos. Ainda segundo ele, seriam necessários, pelo menos 86 guardas  para manter um em cada prédio do município. Mas, ele atentou para o fato de que, além da presença humana, existem outros sistemas de segurança que estão em funcionamento e que dificultam a ação dos marginais. “Entretanto, vamos fazer de tudo para aumentar o efetivo, equipar e aparelhar a nossa corporação, para protegermos o patrimônio público da nossa cidade”, afirmou. (Assessoria de Comunicação – PML)


Deixe um Comentário