PMA autua pecuarista em R$ 16,5 mil por plantar cana destruindo 3,3 hectares de matas ciliares de córrego e por erosões

- 16/02/2017 - 0:00 | 0 comentários
Polícia


2a1efaf12d575df75b411da94af12a4a

Durante fiscalização nas propriedades rurais do município, Policiais Militares Ambientais de Naviraí autuaram nesta quarta-feira (15), um proprietário rural por degradações ambientais. Na fazenda, o pecuarista realizou o plantio de cana-de-açúcar até 10 metros margeando um córrego, quando deveriam ser conservados 30 metros de área protegida. Foram encontrados também pontos de erosões, que causavam assoreamento do córrego.

As atividades foram paralisadas. O proprietário rural, de 75 anos, residente em Naviraí, foi autuado por danificar área considerada de preservação permanente (mata ciliar) e por erosões e foi multado em R$ 16.500,00. Ele também responderá por crime ambiental e poderá pegar uma pena de detenção de um a três anos.

O pecuarista também foi notificado a confeccionar um Plano de Recuperação da Área Degradada (PRADE), junto ao órgão ambiental.

(ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS)


Deixe um Comentário