PMA autua dono de pesqueiro em R$ 5 mil por desmatamento de mata ciliar na foz de córrego afluente do Miranda

- 15/02/2017 - 0:00 | 0 comentários
Polícia


c0c573e5dc7131bbef234c1db8be04d8

Policiais Militares Ambientais do Grupamento do Distrito de Águas do Miranda, município de Bonito, realizavam fiscalização ambiental em ranchos pesqueiros do distrito nesta segunda-feira (13) à tarde, e em uma propriedade constataram a supressão vegetal em matas ciliares de um córrego afluente do Rio Miranda (Área de Preservação Permanente – APP).

O proprietário do rancho (81), residente no local, alegou não possuir autorização ambiental do órgão competente para supressão vegetal. Ele foi autuado administrativamente e multado em R$ 5.000,00. A PMA interditou as atividades e o autuado também responderá por crime ambiental e, se condenado, poderá pegar pena de detenção, de um a três anos de detenção.

O Infrator foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental Estadual um plano de recuperação da área degradada (PRADE), com prazo de 30 dias.

(ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS)