Radar móvel estreia em avenida e flagra carro 120% acima do limite

- 03/02/2017 - 0:00 | 0 comentários
Mercado


642d42e2da7734c89c4d0655b314c89a

A estreia do uso de radar móvel pela Agetran (Agência Municipal de Trânsito), esta manhã, na Avenida Ministro João Arinos, na saída de Três Lagoas, não teve que esperar muito para flagrar motoristas infringindo o limite de 50 km por hora. Em apenas 40 minutos depois de instalados os equipamentos, os agentes registraram a passagem de um veículo a 112 km/h, exatos 124% acima da velocidade permitida.

Mesmo com placas alertando os condutores de que a via pode ser fiscalizada por radar móvel a qualquer momento, os motoristas andam em ritmo acelerado na avenida, que é um retão com três faixas em cada sentido.

“Não precisaria colocar placas de alerta, mas decidimos colocar até para evitar qualquer relação com a história de indústria de multa. A legislação exige apenas a placa com limite de velocidade na via, mas a gente tem o hábito de avisar bem antes. Não existe isso de radar atrás da árvore”, explicou o diretor-presidente da Agetran, Janine de Lima Bruno.

Segundo ele, a fiscalização móvel será feita inicialmente com três radares, mas esse número será ampliado com a compra de mais equipamentos. “Começamos pela João Arinos, mas vamos fazer em outras vias, como a Lúdio Coelho. A qualquer momento, podemos fazer a fiscalização volante”, disse o diretor do órgão.

A avenida João Arinos já tem dois radares fixos, um em cada sentido. Contudo, a velocidade de 50 km só é respeitada no curto trecho delimitado pelos “olhos de gato”. O relatório de multas no local nesta sexta-feira só sairá no final do dia quando a equipe encerrar os trabalhos. (CG News)


Deixe um Comentário