Estado demora assinar convênios e transporte escolar é afetado na fronteira

- 05/06/2015 - 0:00 | 0 comentários
Educação


Alunos das escolas estaduais do Assentamento Itamarati ficaram sem aula na segunda-feira à tarde em virtude da falta de transporte. A paralisação ocorreu devido ao atraso do Governo do Estado em assinar convênios com as prefeituras dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul. Mas ontem os convênios foram assinados e a situação será normalizada a partir de agora.

Segundo a secretária municipal de Educação de Ponta Porã, Denize de Oliveira, atualmente a Prefeitura Municipal transporta 4 mil alunos diariamente, sendo que deste total, 2.500 são alunos das escolas estaduais.

“O que ocorreu é que o Governo do Estado como está no início de administração demorou um tempo maior para fazer os convênios com os municípios e isso acabou afetando o transporte dos alunos da rede estadual, já que boa parte das linhas é atendida por empresas privadas, que aguardam pagamento desde fevereiro”, ressaltou.

Já no que tange as escolas municipais, Denize disse que desde o início do ano a frota municipal, responsável por 26 das 97 linhas, está operando normalmente. “Somente no Itamarati são três escolas estaduais, mas a partir de agora com o convênio assinado a situação ficará normalizada”. A secretária disse que os ônibus percorrem diariamente 10 mil quilômetros dentro do município de Ponta Porã.


Deixe um Comentário