Bandido morto pelo Choque na Capital tinha extensa ficha criminal

Durante a ação dos policiais, Jean Carlos Silva gritava que não sairia ninguém vivo do local e, que também não voltaria para prisão

Top Mídia News - 30/11/2023 - 16:51 | 0 comentários
Campo Grande


Local onde o homem foi morto pela Polícia. Foto: PM

Jean Carlos Silva, de 31 anos, morto na madrugada desta quinta-feira (30) durante um confronto com a equipe do Batalhão de Choque da Polícia Militar, tinha várias passagens criminais e estava evadido do sistema prisional. O fato ocorreu na Rua Betoia, no bairro Jardim Canguru, em Campo Grande.

De acordo a polícia, o suspeito tinha uma extensa ficha criminal com passagens pelos crimes de roubo, roubo majorado pelo emprego de arma de fogo, violência doméstica, furto, invasão a domicílio, identidade falsa, vias de fato, receptação e entre outras. Além disso, ele estava evadido do sistema prisional.

No local, a mãe da vítima gritava dizendo que a filha estava correndo sério risco de vida e pediu para salvá-la. A mesma relatou que o suspeito faz o uso de entorpecente com frequência e que é corriqueiro as ameaças de morte e, brigas entre o casal. Além disso, a vizinha do casal, também informou que as brigas entre o casal e ameaças por parte de Jean são constantes. No entanto, o autor estaria mais agressivo do que o normal.

Os policiais escutaram uma discussão vindo de dentro da residência e o suspeito gritando que iria matá-la. Em seguida, a equipe entrou no apartamento arrombando a porta e o homem foi visto completamente perturbado como se estivesse usado algum tipo de entorpecente, sendo assim, não foi possível nenhum diálogo com Jean, já que ele gritava que não sairia ninguém vivo e, que não voltaria para prisão.


Deixe um Comentário